You are currently viewing Qual a diferença entre menopausa precoce ou prematura?

Qual a diferença entre menopausa precoce ou prematura?

É comum haver confusão entre a menopausa precoce ou prematura, pelo fato delas acontecerem antes da média de idade comum às mulheres, que vai dos 45 aos 55 anos.

A menopausa é aquele período na vida da mulher onde os hormônios entram em ebulição! E com isso, vem os sintomas nada agradáveis que afetam até mesmo a qualidade de vida da mulher. E os calorões são um deles!

Vale lembrar ainda que durante a menopausa outros aspectos se evidenciam, como a alteração do humor, os suores noturnos, o coração pode bater mais rápido que o normal, entre outros.

No artigo que compartilho abaixo, falo sobre as diferenças entre a menopausa precoce ou prematura, para que você saiba identificar cada uma. Siga a leitura e tire suas dúvidas!

Menopausa precoce ou prematura?

A menopausa precoce ou prematura ocorre quando os ovários param de produzir hormônios e a menstruação para em uma idade menor do que a normal. 

Isso pode acontecer naturalmente ou por motivos médicos, como quando ambos os ovários são removidos em uma histerectomia .

Ela também pode ter as mesmas causas, a única diferença é a idade em que eles acontecem. 

A que ocorre antes dos 45 anos é chamada de menopausa precoce. A menopausa que ocorre antes dos 40 anos é chamada de menopausa prematura. Mulheres que tiveram menopausa precoce ou prematura não podem engravidar.

Leia também::: Quando a histerectomia é indicada para tratar a endometriose?

Quais são as causas?

A menopausa precoce ou prematura pode acontecer sem motivo claro ou pode ocorrer como resultado de certas cirurgias, medicamentos ou condições de saúde.

Entre as razões para a menopausa precoce ou prematura podemos encontrar:

Antecedentes familiares

Mulheres com histórico familiar de menopausa precoce ou prematura são mais propensas a ter essas condições.

Tabagismo

As mulheres que fumam podem chegar à menopausa até dois anos mais cedo do que aquelas que não fumam. Eles também podem experimentar sintomas mais graves da menopausa. Pesquisas sugerem que mulheres com menopausa precoce ou prematura que fumam morrem cerca de dois anos mais cedo do que mulheres que não fumam. 

Quimioterapia ou tratamentos de radiação pélvica para câncer

Esses tratamentos podem danificar seus ovários e fazer com que seus períodos menstruais parem para sempre ou por um tempo. Também é possível que você esteja tendo problemas para engravidar ou não consiga engravidar novamente. Nem todas as mulheres que recebem quimioterapia ou radiação passarão pela menopausa. Quanto mais jovem a mulher é no momento da quimioterapia ou radioterapia, menor a probabilidade de ela entrar na menopausa.

Cirurgia para remover os ovários

A remoção cirúrgica de ambos os ovários, chamada de ooforectomia bilateral, pode desencadear os sintomas da menopausa imediatamente. Os períodos irão parar após esta cirurgia e os níveis hormonais cairão rapidamente. Você pode ter sintomas da menopausa mais pronunciados, como ondas de calor e redução da libido.

Cirurgia para remover o útero 

Algumas mulheres que fizeram uma histerectomia, na qual o útero é removido, conseguem manter seus ovários. Se isso acontecer, você não menstruará mais e não poderá engravidar. Mas provavelmente não entrará na menopausa imediatamente porque seus ovários continuarão a produzir hormônios. Mais tarde, pode experimentar a menopausa natural.

Leia também::: Como os hormônios agem no emagrecimento feminino?

Tenha o máximo de informações

Como viu, a menopausa precoce ou prematura possuem algumas diferenças principalmente relacionadas à idade que inicia, e ambas impactam diretamente na qualidade de vida da mulher.

Por isso, conhecer os sintomas e conversar com seu médico sobre eles podem permitir que você receba um tratamento mais assertivo, visando a redução desses sintomas desagradáveis.

Por fim, espero ter esclarecido as diferenças e, para saber mais sobre o tema, e também sobre a saúde da mulher, siga meu canal do Youtube!