You are currently viewing Entenda quando a reposição de testosterona é indicada

Entenda quando a reposição de testosterona é indicada

A reposição de testosterona é um tratamento normalmente indicado para homens. No entanto, as mulheres também produzem esse hormônio, embora em quantidades menores do que os homens. 

Quando esses níveis caem abaixo do normal para as mulheres, isso pode afetar negativamente sua saúde. E por isso, a reposição para mulheres também é indicada.

Ou seja, reposição desse hormônio pode ser indicada para o tratamento de níveis baixos de testosterona em mulheres para melhorar suas vidas diárias e resultados gerais de saúde. 

No artigo abaixo, explico quando ela é indicada e que fatores ajudam a aumentar seus níveis naturalmente. Vamos conferir?

Causas da baixa testosterona em mulheres

A testosterona é um hormônio que faz muito pelo corpo dos homens e das mulheres. A glândula pituitária controla a quantidade produzida no corpo. 

Essa glândula que sinaliza ao corpo que tem testosterona suficiente ou em excesso, fazendo com que ele produza mais ou menos o hormônio — criando um desequilíbrio hormonal.

Existem duas razões principais pelas quais uma mulher pode ter níveis baixos de testosterona:

O processo normal de envelhecimento

Assim como os homens, os níveis de testosterona nas mulheres diminuem naturalmente com a idade, principalmente após a menopausa. Em alguns casos, níveis baixos é uma consequência natural da diminuição dos níveis hormonais.

Problemas com as glândulas pituitárias ou ovários 

Esses dois órgãos desempenham um papel fundamental na síntese da testosterona. A glândula pituitária está localizada no cérebro e sinaliza aos ovários a quantidade a produzir. Dessa forma, um problema com a glândula pituitária ou com os ovários pode afetar os níveis normais.

Além disso, as funções corporais típicas podem levar à redução natural de hormônios como estrogênio e testosterona ao longo do tempo. 

Quando uma mulher se aproxima da menopausa, algumas reduções do hormônio são normais. 

A disfunção ou falha ovariana (por exemplo, por quimioterapia ou radiação) pode causar níveis baixos de testosterona, assim como doenças da tireoide e certos tipos de câncer.

Leia também::: Como os hormônios influenciam o sono?

O que a testosterona faz por uma mulher?

Embora as mulheres produzam naturalmente menos testosterona do que os homens, em pequenas quantidades o hormônio é essencial no suporte de várias funções do corpo. 

Níveis normais em mulheres podem ajudar:

  • Apoiar a manutenção e o crescimento saudável do tecido ósseo
  • Aumentar e manter a massa muscular
  • Diminuir a quantidade de armazenamento de gordura (particularmente em mulheres pós-menopáusicas)
  • Promover uma libido ou desejo sexual saudável
  • Diminui o risco de atrofia vaginal

Por exemplo, há algumas pesquisas que sugerem que os níveis normais de testosterona em mulheres podem até ajudar a manter a saúde cardiovascular. 

Mas como tal, é mais do que apenas um “hormônio sexual” — ele desempenha um papel fundamental na boa saúde geral e na longevidade.

Pouca testosterona pode contribuir diretamente para uma variedade de condições de saúde, incluindo:

  • Osteoporose
  • Obesidade
  • Insuficiência do assoalho pélvico
  • Depressão
  • Câncer

Leia também::: Testosterona e libido: entenda a relação

Tenha uma melhor qualidade de vida

Se você é uma mulher que sofre de deficiência de testosterona feminina, pode estar lidando com sintomas graves e não entender por quê. 

Mas você também pode ter dificuldade em manter o interesse por sexo ou estar lutando contra as oscilações de humor. 

Além disso, os níveis normais de testosterona em mulheres são essenciais para promover a saúde, desde a densidade mineral óssea até a felicidade geral e o bem-estar.

A terapia de reposição é um tratamento seguro e eficaz para níveis baixos em mulheres, mas o tratamento requer uma abordagem cuidadosa. 

Em seguida, um médico pode recomendar a reposição com base no histórico familiar e nos níveis baixos no sangue. 

Mas se você tiver sintomas de testosterona baixa, converse com seu médico — um teste simples pode revelar se você tem níveis baixos ou não. 

Portanto, se você tem baixos níveis de testosterona, opções eficazes de tratamento e medicamentos manipulados estão disponíveis. E para saber mais, confira também o vídeo que gravei para meu canal no Youtube!