You are currently viewing Mudanças na dieta podem ajudar mulheres com endometriose a engravidar?

Mudanças na dieta podem ajudar mulheres com endometriose a engravidar?

A endometriose e alimentação possuem uma relação bastante estreita, no sentido de maximizar — ou mesmo reduzir — os terríveis sintomas que a doença causa na mulher.

Inclusive, a endometriose em casos mais graves pode causar a infertilidade. E por isso é comum se achar que a mudança na alimentação pode reverter este papel.

Para explicar essa dúvida bastante comum, de médicos e também do público em geral, preparei o artigo abaixo com algumas evidências científicas. Vamos conferir?

Endometriose e fertilidade

Atualmente, há poucas pesquisas conectando diretamente dieta e fertilidade para mulheres com endometriose. 

Mas não existem alimentos cientificamente comprovados que irão ajudá-lo a engravidar. No entanto, tem havido pesquisas sobre o papel da dieta e dor pélvica em mulheres com endometriose. 

Ou seja, é possível que as mudanças na dieta que diminuam a dor pélvica — ou reduzam o risco da doença — possam ajudá-la a engravidar? Neste ponto, não sabemos.

Se as lesões ou aderências endometriais bloquearam as trompas uterinas, ou estão interferindo na ovulação ou no movimento saudável das trompas, nenhuma dieta pode melhorar a situação. 

Quando isso acontece, pode ser necessário a cirurgia ou tratamento de fertilização in vitro.

Leia também::: O papel da genética no desenvolvimento da endometriose

Endometriose e alimentação

De todos os estudos sobre endometriose e alimentação, a pesquisa sobre gorduras “boas” e “ruins” em relação ao risco de endometriose foi a maior e mais convincente. 

Aliás, mulheres que consomem altos níveis de gorduras trans são mais propensas a ter endometriose.  

Por outro lado, as mulheres que têm mais ácidos graxos ômega-3 em sua dieta são menos propensas a serem diagnosticadas com a doença.

Mas de um modo geral, os especialistas em nutrição recomendam que todas as pessoas reduzam ou eliminem as gorduras trans de suas dietas e aumentem a ingestão de ômega-3. Isso é para uma boa saúde geral.

Nesse sentido, você deve eliminar:

  • Comidas fritas
  • Doces
  • Margarina 
  • Biscoitos
  • Produtos alimentares com o ingrediente “óleos parcialmente hidrogenados”

Dessa forma é possível reduzir a inflamação que esses alimentos causam ao organismo, reduzindo muitos dos sintomas tão desagradáveis que impactam as mulheres.

Leia também::: Entenda os problemas da bexiga na endometriose

Cuide da sua saúde

A pesquisa sobre endometriose e alimentação está longe de ser conclusiva, atualmente não há evidências de que mudar sua dieta aumentará suas chances de engravidar. 

No entanto, muitas das recomendações acima foram consideradas boas para sua saúde em geral. Fazer mudanças para melhorar seu bem-estar pode lhe dar uma sensação de controle e empoderamento. 

Por fim, espero que tenha compreendido a ligação entre endometriose e alimentação, e que impacto pode ter na sua fertilidade. E para mais dicas e muita informação, baixe também meu e-book “Desmistificando a Infertilidade”. É só clicar no botão abaixo!