You are currently viewing Quando desconfiar que tem endometriose?

Quando desconfiar que tem endometriose?

Sofrer uma dor menstrual mais forte, desconforto durante a relação sexual ou dor na pelve pode ser sinal de endometriose, uma alteração que deve ser conhecida e tratada. 

A endometriose é uma doença desconhecida para muitas mulheres, apesar de ser uma das mais comuns em ginecologia. 

Mais de 190 milhões de mulheres em todo o mundo sofrem com isso, 20% das quais estão em idade fértil. Um dado importante se levarmos em conta que muitas vezes a impossibilidade da gravidez se deve a isso.

Por isso, preparei o artigo abaixo, com o objetivo de auxiliar as mulheres a quando desconfiar que tem endometriose. Siga a leitura e tire suas dúvidas!

O que é a endometriose?

É uma patologia benigna que ocorre quando o endométrio – a camada mucosa que reveste o útero por dentro – cresce em outras áreas do abdome que não lhe correspondem, como o intestino, o peritônio ou mesmo o pulmão.

As causas são desconhecidas, mas algumas possíveis relações estão sendo confirmadas, tais como fatores genéticos, imunológicos ou ambientais.

Suspeita-se também que o atraso na gravidez ou os níveis flutuantes de estrogênio no corpo podem influenciar o desenvolvimento da doença.

Os primeiros sinais

A principal consequência a curto prazo para as mulheres quando desenvolvem endometriose é o aparecimento de fortes dores abdominais.

Aliás, em alguns casos se tornam incapacitantes e afetam tanto a vida pessoal e relacional quanto a vida profissional.

A primeira coisa a fazer se notar esse sintoma é consultar um especialista. Um simples ultrassom pode ser usado para detectá-lo, mas estudos mostram que o tempo médio de diagnóstico é de 7 a 8 anos. 

E é que as mulheres muitas vezes atrasam a visita ao ginecologista ou a consulta com muitos especialistas até encontrarem o diagnóstico adequado.

Não hesite em dar detalhes ao seu médico sobre o tipo de dor que você sente, quando ela aparece, se você a sofre há muitos anos. São informações valiosas que pode acelerar o diagnóstico.

Leia também::: Endometriose: a importância do diagnóstico precoce

Outros sintomas

Entre os sintomas que causa está a menstruação dolorosa e/ou irregular, desconforto durante a relação sexual ou micção ou dor pélvica. 

Ao consultar esses problemas com o especialista e por ultrassonografia eles podem detectar a alteração. 

Mas também pode não causar nenhum sintoma. Nesses casos, geralmente é descoberto quando a mulher vai ao médico por causa de suas dificuldades em engravidar, já que a endometriose é uma das principais causas de infertilidade.

Será que existe solução para a endometriose?

As estratégias de controle da endometriose podem ir além de prescrever medicamentos. Tudo depende do caso, sempre muito particular.

A intervenção nos hábitos de vida pode fazer toda a diferença para inibir a produção de estrogênio.

Manter a alimentação balanceada, complementar com suplementação quando necessário e praticar atividades físicas com regularidade auxilia o organismo a reduzir a inflamação.

Uma dieta rica em frutas, folhas verdes, crucíferas, cúrcuma e ômega-3 é muito benéfica. Assim como evitar alimentos como leite, trigo, centeio e oleaginosas, que são pró-inflamatórios nos casos da endometriose.

A paciente deve ter adordagem de maneira global sobre o seu problema, inclusive de acordo com os seus sintomas e levando em consideração o seu estilo de vida. Após avaliar de forma geral, é importante que o médico prescreva uma solução personalizada ao seu caso.

Leia também::: Controle da dor na endometriose é possível?

Pais, fiquem atentos também!

Como vimos, em alguns casos a endometriose é silenciosa, e em outros causa sintomas bem característicos. E quanto mais precocemente for o diagnóstico, mais efetivo é o tratamento, garantindo o melhor qualidade de vida para a mulher.

Por isso é muito importante que os pais também fiquem atentos aos sintomas que suas filhas relatam. Afinal, quando desconfiar que tem endometriose, é conveniente levá-la ao médico especialista para um diagnóstico preciso.

Assim será possível iniciar o tratamento o mais brevemente possível, evitando que esta condição venha afetar sua vida — e fertilidade futura.

Espero por fim que tenham compreendido quando desconfiar que tem endometriose e, para mais dicas e muita informação sobre o tema, siga também meu canal do Youtube!