You are currently viewing Qual a relação entre saúde emocional e SOP?

Qual a relação entre saúde emocional e SOP?

A síndrome do ovário policístico (SOP) é ​​uma condição complexa que afeta muitos aspectos da saúde de uma pessoa, incluindo a saúde mental.

Pessoas que foram diagnosticadas com SOP têm cerca de 3 vezes mais chances de serem diagnosticadas com ansiedade e depressão do que pessoas sem a síndrome.

Pessoas com SOP também são muito mais propensas a relatar sintomas de ansiedade e depressão, e esses sintomas têm maior probabilidade de ser graves.

Inclusive, a maior parte das pesquisas sobre SOP e saúde mental enfoca depressão e ansiedade, mas também pode estar associada a um risco aumentado de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), transtorno bipolar e transtornos alimentares.

Para falar mais sobre essa relação entre saúde emocional e a Síndrome dos Ovários Policísticos, preparei este artigo com informações que considero relevantes. Vamos conferir?

SOP e saúde mental

Não está claro o que causa o aumento do risco de ansiedade e depressão entre pessoas com SOP. 

Pode ser devido a sintomas ou diferenças hormonais associadas ao transtorno, ou a uma combinação de fatores ainda desconhecidos.

O fato é que a SOP pode causar sintomas como infertilidade e hirsutismo, que são o excesso de pelos faciais e corporais. 

Além disso, algumas pessoas com a síndrome também relatam sentir-se frustradas e ansiosas com a possibilidade de engravidar, o aumento do peso, o excesso de pelos corporais e faciais ou a falta de controle sobre a saúde e o corpo.

Além disso, os valores de uma pessoa e a cultura em que vive afetarão as características que ela pode considerar angustiante. 

Essas mesmas características também podem impactar o bem-estar emocional de pessoas sem SOP. 

Leia também::: SOP e ovários: seus efeitos vão muito além no organismo

Diferenças hormonais

Os pesquisadores investigaram se as diferenças nos níveis hormonais na SOP explicam o aumento do risco de ansiedade e depressão. 

Algumas pessoas apresentam resistência à insulina, resultando em níveis mais elevados de insulina na corrente sanguínea. 

Um estudo também descobriu que maior resistência à insulina aumentava o risco de depressão. 

Outro estudo também mostrou que pessoas com maior resistência à insulina relataram mais sintomas de ansiedade.

Os andrógenos (um grupo de hormônios que inclui a testosterona) são elevados em muitas pessoas com SOP. 

A saber, níveis mais elevados de DHEAS (um tipo de hormônio andrógeno) podem estar associados ao aumento do risco de depressão e ansiedade em pessoas com SOP.

Por fim, pessoas com SOP que apresentam ansiedade ou depressão podem ter níveis mais baixos de certos neurotransmissores (substâncias químicas que enviam sinais por todo o cérebro e sistema nervoso). 

Neurotransmissores como a serotonina (um mensageiro químico dentro do sistema nervoso que está associado a sentimentos positivos) desempenham um papel importante na depressão e na ansiedade. 

Aliás, um estudo mostrou que pessoas com a síndrome que apresentam baixos níveis de serotonina e outros neurotransmissores relatam mais sintomas de depressão e ansiedade.

Leia também::: Quais são os principais avanços no tratamento da SOP?

Busque ajuda médica

Pessoas que têm SOP e se sentem deprimidas ou ansiosas, ou percebem mudanças em seu humor, podem conversar com seu médico sobre as possíveis opções de tratamento. 

Contudo, existem muitos tratamentos que podem ajudar no tratamento da depressão e da ansiedade, devolvendo a qualidade de vida e o bem-estar às pacientes.

Por isso, levar um estilo de vida ativo em geral pode ajudar a melhorar a saúde mental. Pessoas com SOP que relataram praticar exercícios regularmente tiveram menos sintomas de ansiedade e depressão.

Por fim, espero que tenha gostado do artigo sobre saúde emocional e SOP e, para mais informações sobre essa terrível doença, siga também meu canal no Youtube!