Como manter o peso saudável na menopausa?

Como manter o peso saudável na menopausa?

Você é uma mulher entre 40 e 60 anos, e vem percebendo uma mudança na balança? Então você já deve ter se perguntado sobre como manter o peso saudável na menopausa.

Milhões de mulheres em todo o mundo estão atualmente passando pela “mudança”. Ao somar os anos vividos após os 60 anos — chamados de pós-menopausa — estima-se que cerca de 1 bilhão de mulheres no mundo hoje estão passando pela menopausa ou estão na pós-menopausa.

Visto que a maioria das mulheres passa um terço de suas vidas nesse estado não reprodutivo, é útil entender o que está acontecendo com seu metabolismo e hormônios.

Que mudanças você pode fazer para ajudar a prevenir ou até mesmo reverter qualquer ganho de peso? Qual a melhor maneira de proteger sua saúde e manter o peso saudável na menopausa? Para essas perguntas, trago respostas!

Primeiro, o que é menopausa?

Pra entender sobre o peso, vamos falar sobre a menopausa. Ela marca o fim dos ciclos menstruais da mulher. 

É definido como 12 meses completos sem período menstrual para mulheres com mais de 45 anos. Embora essa seja a idade média, as mudanças hormonais podem começar na casa dos 40 anos e durar até os 60 anos.

A pesquisa mostra que o momento da menopausa é uma mistura complexa de fatores genéticos, étnicos, geográficos, socioeconômicos e de estilo de vida. 

Os sintomas da menopausa são bem conhecidos: ondas de calor, suores noturnos, mudanças de humor, névoa do cérebro, dor de cabeça, sono interrompido, secura vaginal, inchaço e muito mais. 

Infelizmente, o ganho de peso e o aumento da gordura corporal, especialmente ao redor do abdômen, são queixas muito comuns.

Estima-se que a maioria das mulheres, sem mudar nada em sua dieta ou estilo de vida, ganha em média 1 a 2 kg durante a transição da menopausa. No entanto, alguns ganham muito mais do que isso.

Mudanças hormonais

Por que esses sintomas e ganho de peso acontecem? Culpe seus hormônios. 

Os hormônios reprodutivos da mulher mudam dramaticamente na menopausa: o estrogênio e a progesterona diminuem, o hormônio folículo-estimulante (FSH) e o hormônio luteinizante (LH) aumentam — e o FSH permanece elevado pelo resto da vida da mulher. Mas esses não são os únicos hormônios que mudam.

Acredita-se que a alteração no estrogênio esteja relacionada à maioria dos sintomas da menopausa. Segregado dos folículos dos ovários da mulher e chamado de estradiol, ou E2, diminui porque nenhum óvulo está sendo liberado, nenhum folículo está sendo desenvolvido.

Além disso, algumas mulheres durante a menopausa apresentam um aumento significativo na secreção do hormônio do estresse cortisol.

O aumento do cortisol também pode ser devido em parte à menopausa que ocorre em um período estressante da vida.

Afinal de contas, muitas precisam lidar com filhos adolescentes e pais idosos, trabalho em tempo integral, estresse financeiro ou de relacionamento, entre outros.

Resumindo, no entanto, essas mudanças hormonais dramáticas da menopausa afetam o metabolismo da mulher, sua composição corporal e, com muita frequência, seu peso.

Leia também::: Como melhorar a memória durante a menopausa de forma natural

E como manter o peso saudável na menopausa?

Perder peso pode ser difícil para qualquer pessoa. As mulheres na menopausa passam por um período especialmente difícil?

No início da transição da menopausa, a taxa de ganho de gordura da mulher dobra e sua massa muscular magra diminui. 

Esse fenômeno, dizem os pesquisadores, está relacionado às mudanças hormonais da menopausa e não apenas à idade. Ela dura até cerca de dois anos após o período menstrual final e então se estabiliza.

Algumas mulheres apresentam sintomas tão graves durante a menopausa que a terapia de reposição hormonal pode ser indicada. Ela as ajuda a dormir, lidar com ondas de calor e controlar melhor as mudanças de peso e composição corporal. 

A mudança no estilo de vida também pode ser necessário. Por isso, é importante priorizar uma dieta balanceada preferencialmente indicada por uma nutricionista é um caminho. Ela saberá fazer a melhor avaliação das suas necessidades e prescrever o plano nutricional ideal.

A prática de atividades físicas é outra indicação clichê, mas que faz toda a diferença. Afinal de contas, como mencionamos acima, a mulher tem aumento de gordura e redução da massa muscular.

Ao praticar atividades físicas frequentes, ocorre o efeito inverso: há maior queima de gordura e fortalecimento dos músculos.

E por fim, é necessária uma boa noite de sono. Ou seja, quando descansamos adequadamente, sofremos menos estresse. Noites sucessivas de sono ruim são tão ruins para a saúde quanto uma dieta pobre e podem levar ao ganho de peso.

Tenha uma vida normal

Não há dúvida sobre isso: os hormônios mudam tudo para uma mulher durante a transição da menopausa. 

Isso não só vem com muitos sintomas e efeitos colaterais desconfortáveis, mas também muda os riscos à saúde e a composição corporal da mulher. 

Essas mudanças incluem aumento da obesidade abdominal, resistência à insulina, perda muscular e dificuldade para perder peso.

Mas você não está sozinha. Milhões de mulheres compartilham o mesmo caminho. E com a adoção de algumas mudanças na alimentação, bem como alguns outros ajustes no estilo de vida, você ainda pode ter boa saúde e vitalidade e atingir o peso certo para você, na menopausa e depois.

Espero que tenha gostado do artigo sobre manter o peso saudável na menopausa. E para mais dicas e informações, me siga nas redes sociais. Estou no Facebook, Instagram e Youtube!