You are currently viewing Como lidar com as oscilações da libido?

Como lidar com as oscilações da libido?

Muitas mulheres me questionam no consultório, ou mesmo nas minhas redes sociais, se é comum ter oscilações da libido ao longo do mês. E a resposta é sim!

Nenhuma mulher permanece com sua libido no mesmo nível ao longo do mês. E isso ocorre por diversos fatores que envolvem o corpo da mulher.

Por exemplo, aspectos culturais, como religião e mensagens sutis sobre a anatomia do corpo feminino transmitidas por gerações, também podem afetar a percepção e compreensão de alguém sobre sua sexualidade. 

No artigo abaixo, explico um pouco mais sobre como lidar com as oscilações da libido. Vamos conferir?

O estresse afeta sua vida sexual

O estresse é uma das causas mais frequentes de baixo desejo sexual. Estressores comuns que podem afetar o bem-estar geral de uma pessoa, incluindo seu desejo sexual, incluem:

  • Problemas financeiros, como dívidas 
  • Estresse no trabalho, como um ambiente de trabalho hostil ou disfuncional, longas horas, excesso de trabalho e falta de motivação ou apreciação pelos esforços
  • Problemas de relacionamento, como questões de relacionamento não resolvidas, falta de comunicação sobre sexo e falta de apoio emocional
  • Problemas familiares, como paternidade e gravidez, e não ter ajuda ou apoio suficiente com os filhos e o trabalho doméstico

Embora um profissional de saúde muitas vezes possa ajudar a identificar as causas exatas de um baixo desejo sexual, você pode fazer muito para aliviar o estresse de sua vida e recuperar o senso de equilíbrio e satisfação. 

Leia também::: Falta de desejo sexual tem solução?

Desequilíbrio hormonal

Desequilíbrios nos níveis hormonais, como cortisol, estrogênio, testosterona e hormônios da tireoide, afetam o desejo sexual.

Os níveis de cortisol podem flutuar devido ao estresse diário. Níveis elevados de cortisol podem causar sensação de cansaço, esgotamento e sobrecarga. 

O cortisol também está relacionado a problemas de açúcar no sangue e desejos de alimentos não-saudáveis. 

Certifique-se de que você não está passando por estresse crônico, correndo constantemente e se sentindo inquieto, mas sem energia.

O estrogênio, um dos principais hormônios sexuais femininos, causa muitos problemas de saúde se estiver desequilibrado. 

Além da redução do desejo sexual, níveis elevados ou baixos de estrogênio podem causar inchaço, ganho repentino de peso, alterações de humor, secura vaginal, períodos leves ou intensos e esfregaços de Papanicoloau anormais.

Uma tireoide subativa pode causar fadiga e ganho de peso rápido. Também pode causar sensação de cansaço constante e mau humor. 

O desequilíbrio da testosterona também pode causar baixo desejo sexual. Por exemplo, acne, marcas na pele, queda de cabelo, excesso de cabelo, ansiedade e infertilidade são alguns dos outros problemas comuns causados ​​por um desequilíbrio de testosterona.

Transição para a menopausa

Embora varie muito de pessoa para pessoa, a libido feminina geralmente diminui a partir dos 40 anos, e a transição da menopausa desempenha um papel fundamental. 

O declínio dos níveis de estrogênio durante a transição da menopausa pode levar a menos desejo por sexo. 

Além disso, a menopausa abrupta, uma condição que ocorre quando os órgãos reprodutivos femininos são removidos (por exemplo, histerectomia), também pode afetar o desejo sexual.

Mas o alto desejo sexual das mulheres depois dos 40 também é comum e pode resultar da redução do estresse com as crianças saindo de casa e outras mudanças na vida.

Leia também::: Sexualidade e saúde da mulher tem forte relação

Quando procurar ajuda profissional

O que impulsiona a libido das mulheres pode ser um equilíbrio entre a saúde física e mental, bem como a satisfação consigo mesmo e com os relacionamentos pessoais. 

Quando uma pessoa passa por angústia em uma ou várias dessas áreas, seja doença física, estresse ou estar em um relacionamento ruim, pode ocorrer disfunção sexual. 

Além disso, analisar as principais razões para o baixo desejo sexual e seus efeitos pode ajudar a superar a baixa libido e recuperar um relacionamento saudável com o corpo. 

Embora seja normal sentir falta de desejo sexual às vezes, também é normal procurar ajuda se o problema se tornar preocupante.

Por isso, caso tenha problemas para lidar com as oscilações da sua libido, converse com seu ginecologista. Ele poderá detectar se há de fato algo errado com seu corpo e indicar o melhor tratamento.

E para mais dicas sobre saúde da mulher, confira também meu canal no Youtube! Lá tem vários temas que envolvem a libido feminina!