You are currently viewing Tire suas dúvidas sobre climatério e menopausa

Tire suas dúvidas sobre climatério e menopausa

A menopausa é um acontecimento marcante na vida da mulher e que gera uma boa quantidade de dúvidas e desinformações. Dada a importância deste assunto, eu quero destacar alguns pontos sobre climatério e menopausa, no artigo a seguir.

Falar sobre menopausa é bastante comum. Mas e sobre climatério? Você sabe o que isso significa?

Se a resposta for não, você está no lugar certo. Nas próximas linhas vamos explorar questões importantes sobre climatério e menopausa, considerando que cada vez mais as mulheres prestes a entrar nessa fase da vida, buscam por conhecimento e informação.

Para conhecer as diferenças entre climatério e menopausa e a relação que existe entre eles, siga comigo até o final da leitura. 

Além disso, falaremos sobre quando se inicia essa relevante fase da vida da mulher e quais são os principais sintomas que acometem sua qualidade de vida.

Diferenças entre climatério e menopausa

Climatério e menopausa são importantes acontecimentos na vida da mulher. O climatério é uma fase de transição em que a mulher vai da idade reprodutiva para o período em que a fertilidade deixa de existir. 

Durante sua vida fértil a mulher segue produzindo nos ovários diversos hormônios femininos que são importantíssimos para o bem estar da mesma, assim como, para sua sexualidade.

Desta forma, o período do climatério se dá pela transição da fase em que a mulher ainda menstrua e produz os hormônios femininos para a fase em que ela diminui, gradativamente, essa produção até deixar de menstruar (isso é a Menopausa – o nome dado a última menstruação).

E a dúvida que ronda toda essa situação está na diferença que existe entre climatério e menopausa. 

O climatério se inicia antes da menopausa, que é o acontecimento da última menstruação, e pode se prolongar por alguns anos após esse importante marco feminino. Ou seja, a menopausa é o cume do período do climatério.

É no climatério que se manifestam os primeiros sintomas característicos da chegada da menopausa.

Principais sintomas do climatério

Os sintomas particulares da menopausa se iniciam com o declínio na produção dos hormônios femininos, em especial do estradiol. A partir deste momento as manifestações ficam mais evidentes e desconfortáveis. 

Contudo, o acompanhamento médico periódico juntamente com uma avaliação hormonal constante, podem amenizar esses problemas devolvendo a qualidade de vida para a mulher madura.

Portanto, veja abaixo alguns dos principais sintomas do climatério e menopausa:

  • Alterações de pele, queda de cabelos e unhas quebradiças;
  • Diminuição da lidido acompanhada de ressecamento vaginal;
  • Dificuldades para dormir (insônia), resultando em noites agitadas e cansativas;
  • Sensações de cansaço mais frequentes do que o habitual ao longo do dia;
  • Modificação na distribuição da gordura corporal: a gordura se deposita mais na região abdominal (gordura visceral) e o tecido fibroglandular mamário começa a se transformar em gordura (ficando mais flácida);
  • Aumento do risco de doenças cardiovasculares, a maior causa de morte após a menopausa;
  • Aparecimento das famigeradas ondas de calor (FOGACHOS) que vem acompanhadas de sudorese, palpitação cardíaca e vermelhidão, principalmente no pescoço e face;
  • Perda de massa óssea ou enfraquecimento dos ossos (risco de osteoporose);
  • Instabilidade emocional. A queda dos níveis de estrogênio e progesterona diminui a liberação dos neurotransmissores responsáveis pelo bom funcionamento do sistema nervoso central, fazendo com que a mulher apresente variações de humor, depressão, ansiedade, melancolia e perda de memória, por exemplo.

Quando é o início do climatério e da menopausa?

Para essa pergunta não existe uma resposta exata, sinto informar.

No entanto, o climatério pode iniciar por volta dos 35 anos, sendo que na média mais comum é que os sintomas comecem a aparecer a partir dos 40 anos

Depois desta fase, a mulher passa a experimentar o que conhecemos como declínio hormonal gonadal, ou seja,  estágio em que acontecem as manifestações que causam um alto desconforto na mulher, envelhecendo-a rapidamente e afetando sua autoestima de forma brutal.

E como falei anteriormente, o climatério se estende após a menopausa podendo durar até os 65 anos.

Sendo assim, não existe uma data exata para o início do climatério, pois o período de transição depende de como é, e foi, o estilo de vida da mulher durante o seu período fértil, além de outros fatores relacionados a sua genética.

Seu corpo, suas escolhas

A queda hormonal do corpo feminino leva a um abrupto quadro de envelhecimento, fazendo com que as mulheres, nesta fase da vida, tenham que lidar com situações extremamente desgastantes e desafiadoras. 

E fica a dúvida: “nós envelhecemos porque os nossos hormônios caem? Ou os nossos hormônios caem porque nós envelhecemos?”

Quero reforçar que a chegada da menopausa é um momento marcante na vida da mulher e  junto com ela chegam diversas novidades, uma boas e outras nem tanto.

Uma mulher precisa se sentir segura, valorizar-se e gostar de si mesma independente da fase em que vive. Em outro momento falaremos sobre a Terapia de Reposição Hormonal da menopausa – capaz de aliviar os sintomas e devolver qualidade de vida.

Portanto, cuide do seu corpo por meio das suas escolhas diárias.

Para acompanhar outros conteúdos como este, me acompanhe nas redes sociais e se inscreva no meu Canal do  Youtube. Espero minhas Ginemusas por lá!

Deixe um comentário